Paulo Diniz Quero voltar pra Bahia seja onde fosse, em uma grande festa ou apenas em uma pequena reunião o cara ou a equipe que se habilitasse a tocar tinha que ter este disco ate porque ele era de fácil acesso devido ao seu grande sucesso e por conseqüência teve uma grande tiragem e em um determinado momento com certeza alguém ia pedir pra tocar alguma musica deste disco e se a pessoa ou a equipe não o tivesse podia pegar seus discos a vitrola por de baixo do braço e ir embora.

Dotado de uma extrema cultura Paulo Diniz se especializara em transformar poemas em musicas como “José ou E agora José poema de Carlos Drumon de Andrade , Vou-me embora pra Pasárgada poema de Manuel Bandeira” só pra citarmos os mais conhecidos.

Piri, Piri/ Ganga Zumba isso mesmo acrescente Ganga Zumba ao nome da primeira musica deste disco que aparece na contra capa deste disco como se fora uma outra musica e que talvez por conta da censura teve que ser trocado na letra original pois Ganga Zumba era o nome do primeiro líder do Quilombo dos Palmares que era refúgios de escravos foragidos situado no interior do pais principalmente na região de Pernambuco (onde nasceu Paulo Diniz) e o que a ditadura menos queria era velhos heróis sendo relembrado e usados para uma possível reação.
Hoje esta informação nos parece uma coisa normal e natural, mas em 1970 sequer sabíamos o que era Quilombo dos Palmares que dirá o nome de seu primeiro líder.

Outra curiosidade fica por conta da musica Malandro é São Benedito que também não se sabe porque teve seu nome trocado nas edições seguintes por Ninfa Mulata, quem sabe também por obra e graça da censura em comum acordo com a igreja pois temos ai o nome de um Santo, mas o mais interessante é que mudou-se o nome e a musica com sua letra um tanto comprometedora pra época permaneceu

E quanto às musicas deste álbum que foram executadas nos bailes destacamos as musicas “Um Chope Pra Distrair e Canseira” duas melodias que embora uma pouco aceleradas eram dançadas bem lentamente também temos a musica “Ponha um arco-íris na sua moringa” rasteirinha que chegou a tocar nas festas e que com a execução maciça nas rádios logo foi deixada de lado pelos discotecários e no todo este disco e ótimo e vale a pena baixar.

Lado A

Piri Piri/Ganga Zumba
Um chope pra distrair
Malandro é São Benedito/Ninfa Mulata
Quero voltar pra Bahia
Felicidade
Marginal III

Lado B

Chutando pedra
Chega
Canseira
Ponha um arco-íris na sua moringa
Me leva
Sujeito chato

Obs: por problemas com o servidor depois que baixar o arquivo para descompactar é só clicar no arquivo e escolha abrir com o programa WinRar archiver

Link do Arquivo