“Rockhouse” esta musica foi gravada pela primeira vez em 1958 em compacto 78 rpm sendo divido em duas partes e em 1959 ela saiu pela primeira vez em lp “Ray Charles – What’d I Say” sendo regravado novamente em 1962.
Em 1963 saiu novamente no álbum Ray Charles – The Ray Charles Story Volume 2
Em 1970 saiu no lp Ray Charles – The Best Of Ray Charles e em 1973 saiu em um álbum duplo.
Durante muito tempo tivemos varias versões para esta peculiaridade de trocar a rotação do disco para que a musica ficasse swingada, mas a versão certa mesma e confirmada no filme “Ray” é que um discotecário na procura pela batida perfeita tocou essa musica em 45 rpm e na sonoridade logo percebeu que ela ficava perfeita para a galera dançar nos bailes e tanto deu certo que ate hoje esta musica é conhecida nessa velocidade e todas as coletâneas de sambarock que trazem esta musica em sua track list a traz já em 45 evitando assim os erros que aconteciam no passado onde numa discotecagem o Dj que tivesse tocado este disco não podia se esquecer de voltar a rotação da pick up para 33 rpm antes de tocar o próximo disco.
E este era o mundo do discotecário da década de 70, hora procurando nos sebos discos com a batida perfeita que fizessem as pessoas nos bailes dançarem literalmente hora procurando em seus próprios discos ai alterando a rotação a batida perfeita.

Lado A
1 Hard Times
2 Rockhouse
3 Sweet Sixteen Bars
4 Doodlin’

Lado B
1 How Long Blues
2 Blues Waltz

Link do Arquivo