Luiz Eça – Sagrada Familia

Formou o Tamba Trio, inicialmente ao lado do contrabaixista Otávio Bailly e do baterista Hélcio Milito. Em seguida, Otávio foi substituído por Bebeto Castilho, que tocava sax e flauta, e mais tarde a formação final contou com Dorio (baixo) e Ohana (bateria). O trio foi pioneiro na realização de pocket-shows, no Bottle’s Bar do famoso Beco das Garrafas, reduto da Bossa Nova no Rio de Janeiro, e lançou vários discos.

Ainda nos anos 1960, excursionou junto com o trio pelos Estados Unidos e Argentina.

Estreou como arranjador no disco “Barquinho” da cantora Maysa, lançado em 1961 pela Columbia.

Em 1968, dividiu, com Radamés Gnattali, o LP “Os 6 mais numa imagem barroca”.

Formou o conjunto A Sagrada Família, com o qual lançou, em 1970, o LP “Luiz Eça e La Familia Sagrada”. Nesse mesmo ano, gravou os LPs “Luiz Eça, piano e cordas” e “Brazil 70”.

Luiz Eça – Sagrada Familia

Homem da Sucursal – Barravento
Pais Tropical
Juliana
Atras das Portas da Tarde
La Vamos Nos
Sequestro
Se Voce Pensa
Sa Marina
Yemele
Please Garcon

Arquivo