>

Jorge Antônio Carlos, ou Jorginho do Império (Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1944) é um cantor brasileiro, filho de Mano Décio da Viola, um dos fundadores da Império Serrano e discípulo de Martinho da Vila.
Na beira do mar, canção lançada em 1975, foi o seu grande sucesso. Começou sua carreira ao lado do amigo Martinho da Vila. Em 1971 foi eleito "cidadão samba do Estado da Guanabara". Em mais de trinta anos de carreira, lançou 24 discos e fez shows na Argentina, na França e no Japão. Atualmente reside no bairro carioca de Madureira, na rua que tem o nome de seu pai e fica próxima à Império Serrano.
Foi o principal intérprete do Império Serrano em dois carnavais. Em 1997, esteve à frente do microfone quando a escola trouxe o enredo "O mundo dos sonhos de Beto Carrero". Retornou ao posto em 1999, quando o enredo era "Uma rua chamada Brasil".

   

Jorginho do Império – Eu E Meu Pandeiro 1976

 Jorginho Imperio
01 Agua no feijao
02 O Iperador
03 Assím é demais
04 Paz em todo territorio nacional
05 Eu canto Sao Paulo
06 É preciso dar
07 Potpourri de Partido alto
Chorei quando o dia clareou
Mulher de malandro
Sai da casa da vizinha
Quanto mais carinhosa mais falsa
08 Jogo da Amarelinha
09 Cavaco vadio
10 Amor selvagem
11 A lua e o mar
12 Perdi a namorada
13 Eu e meu pandeiro

Link do Arquivo