O poeta e declamador Jessier Quirino lançou sua mais recente obra, Berro Novo. Foi no 1º de outubro, no Bar Seu Cafofa, na Estrada do Encanamento, no Recife. Nos dias 3 e 4, Quirino lançou o livro na Bienal do Livro de Pernambuco. A editora é a Bagaço, o livro contém a costumeira verve poética e humorística do já consagrado Jessier.

Um tal de Fábio Passadisco esteve no Bar Seu Cafofa, que ficou lotado no show de Jessier. Ele informou que a “bela festa contou com as ‘canjas’ de Chico Pedrosa, Santanna e Josildo Sá, enquanto o mestre Jessier autografava o ‘Berro Novo’”. A Academia Passa Disco da Música Nordestina, uma ONG, foi quem comandou a “noite memorável”.

Assim como Jesier Quirino está de Berro Novo, a cidade de Itabaiana, onde ele reside, estará também de recanto novo para sua cultura, que será o Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, a ser inaugurado até o final de outubro. Tudo indica que o poeta fará sua noite de autógrafos por ocasião da inauguração do Ponto, na terra de Zé da Luz.

O mais novo trabalho do artista campinense, o livro e CD “Berro Novo”, teve divulgação no programa Voz do Sertão, na Rádio Folha FM do Recife e Rádio Universitária. No programa, ele contou histórias maravilhosas e deixou pra todos os seus fãs um abraço “fofo feito areia de formigueiro”. Um grandioso talento da nossa arte nordestina, segundo comentário da apresentadora Roberta Clarissa.

“Poesia dita, escrita e musicada”, e de primeira linha, como tudo o que produz o mestre Jessier.

No dia 17 de outubro (ontem, sábado), Jessier declamou seus “causos” e poesia matuta, conteúdo do “Berro Novo”, show e livro do poeta. Ele fez única apresentação em Maceió, no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, em Jaraguá. Os ingressos custaram a bagatela de R$ 70 reais. Pra você ver que Quirino não está pra brincadeira, e hoje é um dos artistas mais bem pagos e reconhecidos do Nordeste. Na platéia, o itabaianense Joacir Avelino, admirador da obra de Jessier, atualmente morando na bela capital de Alagoas.

Baixar aqui, clique